segunda-feira, 15 de setembro de 2003

PAÍS DAS MARAVILHAS



Pelos vistos ver televisão constitui uma inesgotável fonte para um blog (vejo pouca tv não por snobismo mas porque o vício da net ocupa quase todo o meu tempo livre).

No programa de ontem do Herman novos recordes de mau gosto foram atingidos. Não, não me refiro ao Fernando Rocha, ao ''Prof.'' Alexandrino, ao rapaz dos gases ou a outros que tais, pois sendo eu do Povo estou habituado a ver esta fauna. Falo de um espécimen bem mais raro (pelo menos aos meus olhos), um tal de José Castelo Branco (corrijam-me se o nome estiver mal). Pois foi o tal dito senhor falar da sua pessoa, da sua atitude positiva perante a vida (eu se tivesse avós, papás e tios assim também era muito positivo), do seu gosto pelas roupas (até sonha com Chanel!), de não perceber porque os portugueses se estão sempre a chorar (tenho uma bela conta de telefone a pagar, a renda, a luz, a água, o gás, o supermercado, alguns medicamentozitos e há pessoas mil vezes pior, mas que não se devem chorar, pois parece mal).

Perante a afirmação do Herman que não devemos ter vergonha de exibir os nossos bens, a nossa personagem muito orgulhosamente exibe algumas das suas caríssimas jóias. Fiquei absolutamente deslumbrado por haver alguém no meu país que nasceu numa familia cheia de recursos.É realmente edificante verificar que um indivíduo vai à televisão porque os seus ascendentes tiveram a esperteza de fazer uma fortuna. Eu, se um dia tivesse o talento de escrever uma obra-prima, também gostaria que os meus netos fossem considerados grandes escritores.

Mas adorei ver a cara de absoluto nojo aquando da ''actuação'' do Fernando Rocha. Para cúmulo, o companheiro do lado (do jet-set, não perguntem o nome que não leio a ''Caras'') queria rir mas não podia pois o ar reprovador do JCB não o permitia. Que pena ter saído a meio sem ouvir todas as edificantes anedotas!

Glossário
-» Fernando Rocha = fenómeno da moda, humor chão mas com tradição, depois do programa a solo = passado; cf. Fernando Pereira
-» Prof. Alexandrino = outro débil mental habilmente usado para entreter as massas; cf. Emplastro
-» JCB = boas famílias, extremo bom gosto; cf. Parasita social

PS: Já sei que as pessoas de bom nascimento, que por acaso leiam isto, dirão ''quem é este indivíduo que nem sabe escrever português para falar assim da 'beautiful people'?''. Bem, nestes tempos estranhos até o povinho tem direito aos blogs...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Abaixo de cão" - Palavra do Leitor

Clique em "Mensagens antigas" para ler mais artigos fantásticos do Arquivo.

Temas

(so)risos (4) 100nada (1) 25 de Abril (5) 4º aniversário (1) 90's (2) actualidade (1) Ambiente (2) Aniversários (13) Ano Novo (4) Arquitectura (1) Arte (2) Astronomia (6) avacalhando (1) Blogosfera (78) boicote AdC (1) borlas (2) burla (1) cantarolando (1) cidadania (4) Ciência (6) Cinema (7) Cinema de Animação (2) classe (1) coisas (1) coisas da vida (5) Como disse? (1) Computadores e Internet (28) Contra a censura (1) contrariado mas voltei (1) corrosões (1) cultura (1) curiosidades (1) dass (1) de férias; mas mesmo assim não se livram de mim (2) Década Nova (1) Democracia (5) depois fica tudo escandalizado com as notas dos exames de português (1) Desporto (3) Dia do Trabalhador (1) Direito ao trabalho (1) ditadores de Esquerda ou de Direita não deixam de ser ditadores (1) é que eu amanhã tenho de ir trabalhar (1) eco (1) Economia (5) efemérides (2) eles andam aí (1) Elis (2) Em bom português se entendem 8 nações (2) em homenagem ao 25 de Abril (1) Em Pequim o Espírito Olímpico morreu (1) escárnio e maldizer (1) Escultura (3) espanta tédio (1) estado do mundo (1) Fado (1) Fernando Pessoa (1) festividades (3) Festividades de Dezembro (2) Filosofia (3) Fotografia (24) fotojornalismo (1) fuck 24 (1) fundamentalismos (1) futebol (1) Futuro hoje (1) ganância (3) gastronomia (1) Geografia (1) Grande Música (38) grátis (1) História (4) inCitações (13) injustiça (1) Internet (4) internet móvel (1) Internet: sítios de excelência (1) intervenção pública (3) inutilidades (7) Jazz (2) jornalismo (1) ladrões (1) Liberdade (7) liberdade de expressão (2) língua portuguesa (4) Lisboa (2) listas (1) Literatura (9) Livro do Desassossego (1) Má-língua (1) mentiras da treta (1) miséria (1) MPB (5) Mundo Cão (5) música afro-urbana (1) Músicas (13) não te cales (2) Navegador Opera (2) ninguém me passa cartão... (1) Noite (1) o lado negro (1) o nosso futuro (1) oportunismo (1) os fins nunca justificam os meios (1) paranoia (1) parvoíces (1) pessoal (8) Pintura (129) podem citar-me (3) Poesia (30) política (10) política internacional (2) porque são mesmo o melhor do mundo (2) Portugal (3) Portugal de Abril (4) preciosa privacidade (6) preguiça (1) Programas de navegação (1) quase nove séculos de crise (3) quotidiano (2) resistir (2) resmunguices (7) respeite sempre os direitos de autor (1) Seleção AdC - Internet (1) Selecção AdC - Internet (2) serviço público AdC (1) Sexo (1) so(r)risos (5) Solidariedade (3) Taxa Socas dos Bosques (1) Teatro (1) Tecnologia (1) televisão (1) temos de nos revoltar (1) Terceiro Mundo (20) The Fab Four (1) trauteando (1) Um aperto no coração (1) umbigo (8) UNICEF (1) vai tudo abaixo (2) vaidades (7) vampiros (1) Verdadeiramente Grandes Portugueses (4) vidas (1) vou ali e já venho (1) YouTube (3)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...