quarta-feira, 31 de março de 2004

ESTAVA A PENSAR CÁ COM OS MEUS BOTÕES ...

... com esta vaga de fusões e refundações até nem era mal pensado arranjar sócios aqui para este cantinho subcanino. É que isto do one-man show dá uma grande trabalheira. Quem sabe? Talvez um dia destes...

terça-feira, 30 de março de 2004

AH! JÁ ME ESQUECIA

As imagems no post sem ''Sem Título II'' são fotografias de dois biombos (Cavalos Selvagens) pintados pelo japonês Yosa Buson. Grande poeta e pintor que viveu entre 1716 e 1783 tendo chegado até hoje mais de 3000 dos seus poemas (hokku), obras em prosa e várias pinturas.

COLORGRAPHIA



Maria Helena Vieira da Silva.
''Jardins suspendus'' 1955.

domingo, 28 de março de 2004

NÃO ME INCOMODEM AGORA...

...que estou a ver a terceira parte do "Picasso: Magic, Sex and Death" na Dois.

SEM TÍTULO II





DO MÁGICO CONTINENTE



Da distante (e cada vez mais reduzida) floresta húmida africana chegam-nos sons dos Ituri do Zaire. Para este povo, da etnia dos pigmeus, a música é a expressão da vida e da morte constituindo um cimento social. No nascimento, nos ritos de passagem, na caça, na amizade, no amor, no ódio e nos ritos funerários a polifonia das vozes está omnipresente.
Um mundo sonoro ''hipnótico'' e com uma beleza muito peculiar, a rodar hoje no leitor de CD's.

sábado, 27 de março de 2004

TUBARÕES DA MÚSICA

A RIAA, poderosíssima associação da indústria discográfica norte-americana, tem há vários dias o seu site inacessível devido a ataques com utilização de vírus. Apesar de desaprovar totalmente qualquer ameaça à segurança, tanto na Internet como fora dela, não poso deixar de me rir à gargalhada. Porquê? Porque quem ferozmente persegue os consumidores, chegando ao ponto de processar miúdas de 12 anos pela utilização do Kazaa, não merece, na minha modesta opinião, qualquer tipo de simpatia.

PS: Curiosamente o dono do Kazaa não sofre nenhuma sanção; bem pelo contrário, tem movido acções judiciais a quem disponibilize o programa removendo o spyware, a acusação é a de violação de direitos de autor! Sem dúvida o dinheiro é quem mais ordena.

sexta-feira, 26 de março de 2004

SERÁ?
Será que estudaram política e economia na Argentina?
Será que este Bagão, este Portas e este Durão só vão para a rua depois de morrermos todos de fome?

quarta-feira, 24 de março de 2004

MUNDO CÃO

Mundo cão este que permite a existência de uma ignóbil cleptocracia num país como Angola. Noticia hoje o Público ''Presidente de Angola Acusado de Desviar Dezenas de Milhões de Dólares para Contas Privadas no Estrangeiro'' (relatório da Global Witness), infelizmente é algo que todos sabem mas, apesar disso, os crimes continuam.
Não se justificaria aqui uma intervenção militar internacional? Não, a morte diária de crianças nas ruas de Luanda por subnutrição não é justificação suficiente; só o seria se o petróleo fosse controlado por forças hostis ao ''Grande Farol da Democracia''.
Disse hoje Miguel Sousa Tavares, chamando os bois pelos nomes, ''José Eduardo dos Santos é o maior corrupto do Mundo... o Governo português tudo faz para conseguir crédito internacional ao governo angolano sem haver a menor preocupação onde esse dinheiro irá parar''. Pena é que este jornalista seja comentador numa coisa chamada "Jornal Nacional" num canal chamado TVI.

PS: Nem é necessário dizer que o governo de Angola já emitiu um comunicado negando todas as acusações. Para infelicidade do povo angolano ainda serão emitidos inúmeros comunicados durante muitos anos.

segunda-feira, 22 de março de 2004

MEIO GÁS

Pensei melhor e cheguei à conclusão que sempre posso ir ''postando'' alguma coisa. Assim sendo, embora irregularmente durante uma ou duas semanas, vou aqui deixando algo para os leitores do "Abaixo de Cão".

sábado, 20 de março de 2004

PAUSA

Por motivos de ordem pessoal este blogue ficará suspenso por tempo indeterminado. Espero poder voltar em breve, obrigado por visitarem este modesto cantinho.

quinta-feira, 18 de março de 2004

A IMAGEM DE ONTEM...

...é a reprodução, conforme todos sabem, do quadro "A Vista de Delft" (óleo sobre tela 98 x 118 cm) pintado entre 1658 e 1660 pelo grande e misterioso Johannes Vermeer de Delft. A obra encontra-se no Museu Mauritshuis de Haia, na Holanda.
Em 1902, segundo reza a lenda, Proust terá desmaiado perante a beleza desta obra-prima. Efectivamente, no ''Em Busca do Tempo Perdido'', é-nos apresentado um romancista que morre ao descobrir que a sua escrita nunca poderia atingir o mesmo ideal de Beleza das pinturas do mestre holandês.

PS: Isto foi só para recordar que a obra do pintor não se limita à menina com brincos de pérola.

quarta-feira, 17 de março de 2004

segunda-feira, 15 de março de 2004

AS VÍTIMAS DO MAL

A intolerância e a desumanidade, tal como em 1937, fizeram correr o sangue de vítimas inocentes.

MADRID (1937)
EN esta hora recuerdo a todo y todos,
fibradamente, hundidamente en
las regiones que -sonido y pluma-
golpeando un poco, existen
más allá de la tierra, pero en la tierra. Hoy
comienza un nuevo invierno.
No hay en esa ciudad,
en donde está lo que amo,
no hay pan ni luz: un cristal frío cae
sobre secos geranios. De noche sueños negros
abiertos por obuses, como sangrientos bueyes:
nadie en el alba de las fortificaciones,
sino un carro quebrado: ya musgo, ya silencio de edades
en vez de golondrinas en las casas quemadas,
desangradas, vacías, con puertas hacia el cielo:
ya comienza el mercado a abrir sus pobres esmeraldas,
y las naranjas, el pescado,
cada día traídos a través de la sangre,
se ofrecen a las manos de la hermana y la viuda.
Ciudad de luto, socavada, herida,
rota, golpeada, agujereada, llena
de sangre y vidrios rotos, ciudad sin noche, toda
noche y silencio y estampido y héroes,
ahora un nuevo invierno más desnudo y más solo,
ahora sin harina, sin pasos, con tu luna
de soldados.
A todos, a todos.
Sol pobre, sangre nuestra
perdida, corazón terrible
sacudido y llorando. Lágrimas como pesadas balas
han caído en tu oscura tierra haciendo sonido
de palomas que caen, mano que cierra
la muerte para siempre, sangre de cada día
y cada noche y cada semana y cada
mes. Sin hablar de vosotros, héroes dormidos
y despiertos, sin hablar de vosotros que hacéis temblar el agua
y la tierra con vuestra voluntad insigne,
en esta hora escucho el tiempo en una calle,
alguien me habla, el invierno
llega de nuevo a los hoteles
en que he vivido,
todo es ciudad lo que escucho y distancia
rodeada por el fuego como por una espuma
de víboras, asaltada por una
agua de infierno.
Hace ya más de un año
que los enmascarados tocan tu humana orilla
y mueren al contacto de tu eléctrica sangre:
sacos de moros, sacos de traidores,
han rodado a tus pies de piedra: ni el humo ni la muerte
han conquistado tus muros ardiendo.
Entonces,
qué hay, entonces? Sí, son los del exterminio,
son los devoradores: te acechan, ciudad blanca,
el obispo de turbio testuz, los señoritos
fecales y feudales, el general en cuya mano
suenan treinta dineros: están contra tus muros
un cinturón de lluviosas beatas,
un escuadrón de embajadores pútridos
y un triste hipo de perros militares.

Loor a ti, loor en nube, en rayo,
en salud, en espadas,
frente sangrante cuyo hilo de sangre
reverbera en las piedras malheridas,
deslizamiento de dulzura dura,
clara cuna en relámpagos armada,
material ciudadela, aire de sangre
del que nacen abejas.
Hoy tú que vives, Juan,
hoy tú que miras, Pedro, concibes, duermes, comes:
hoy en la noche sin luz vigilando sin sueño y sin reposo,
solos en el cemento, por la tierra cortada,
desde los enlutados alambres, al Sur, en medio, en torno,
sin cielo, sin misterio,
hombres como un collar de cordones defienden
la ciudad rodeada por las llamas: Madrid endurecida
por golpe astral, por conmoción del fuego:
tierra y vigilia en el alto silencio
de la victoria: sacudida
como una rosa rota: rodeada
de laurel infinito!

Pablo Neruda.

sábado, 13 de março de 2004

DESCOBERTAS

Vou navegar pela blogosfera procurando bons blogues, depois transmitir-vos-ei os resultados.

BIG BROTHER (E NÃO É O DA TVI)

União Europeia sinónimo de defesa das liberdades fundamentais? Não me parece, pelo menos a julgar pela directiva, aprovada dia 9, sobre direitos de autor. Cada vez mais convenço que a Liberdade está sempre em perigo, qualquer pretexto serve para a amordaçar. Claro que em Portugal a legislação seguirá tal directiva e se for necessário altera-se essa lei menor chamada Constituição.

Aqui fica um excerto de uma notícia, no mínimo, preocupante:

''...the clear distinction between large scale commercial piracy and copying/sharing for personal use -- wasn't made very clear in the approved directive.

''Under this Directive [that now has been approved], a person who unwittingly infringes copyright - even if it has no effect on the market - could potentially have her assets seized, bank accounts frozen, and home invaded,'' said EFF staff attorney Gwen Hinze.

Some late amendments were done and now the directive states that action shouldn't be taken against individuals who download music ''in good faith'' for their own use. But it is left solely on multi-million dollar lawyers of record labels and movie studios to decide what can be considered as ''good faith'' in music downloading.

Now the EU ministers will most likely approve the directive by the end of this week and eventually it will become a law within European Union. The directive was originally introduced by a MEP (member of European Parliament) Janelly Fourtou, who is the wife of Jean-Rene Fourtou, boss of media giant Vivendi Universal (that owns world's largest record label Universal Music and also various movie studios)''

PS: Por pressão dos Estados Unidos (e dos grandes tubarões da indústria do entretenimento) todos os consumidores passarão a ser tratados como potenciais piratas. Não devemos ficar indiferentes perante estes factos, a indiferença é o alimento dos eurocratas em Bruxelas.

quinta-feira, 11 de março de 2004

OS INOCENTES

Sobre a tragédia em Madrid só consigo dizer que a estupidez humana não tem limites.

terça-feira, 9 de março de 2004

SEIS MESES

O ''Abaixo de Cão'' faz hoje (9 de Março) seis meses. Aqui fica um agradecimento a todos aqueles que têm tido paciência para me ler e aos que tiveram a gentileza de colocar um link nos seus blogues. Talvez daqui a um semestre estejamos aqui a comemorar um ano de vida, quem sabe? Como diria o Aníbal: ''O Futuro ao Outro pertence''.

segunda-feira, 8 de março de 2004

NATÁLIA CORREIA, ''ODE À PAZ''

Ode à Paz

Pela verdade, pelo riso, pela luz, pela beleza,
Pelas aves que voam no olhar de uma criança,
Pela limpeza do vento, pelos actos de pureza,
Pela alegria, pelo vinho, pela música, pela dança,
Pela branda melodia do rumor dos regatos,
Pelo fulgor do estio, pelo azul do claro dia,
Pelas flores que esmaltam os campos, pelo sossego, dos pastos,
Pela exactidão das rosas, pela Sabedoria,
Pelas pérolas que gotejam dos olhos dos amantes,
Pelos prodígios que são verdadeiros nos sonhos,
Pelo amor, pela liberdade, pelas coisas radiantes,
Pelos aromas maduros de suaves outonos,
Pela futura manhã dos grandes transparentes,
Pelas entranhas maternas e fecundas da terra,
Pelas lágrimas das mães a quem nuvens sangrentas
Arrebatam os filhos para a torpeza da guerra,
Eu te conjuro ó paz, eu te invoco ó benigna,
Ó Santa, ó talismã contra a indústria feroz,
Com tuas mãos que abatem as bandeiras da ira,
Com o teu esconjuro da bomba e do algoz,
Abre as portas da História,

deixa passar a Vida!

PHONOGRAPHIA II


Maria Callas , Giuseppe de Stefano, Fedora Barbieri , Rolando Panerai, Nicola Zaccaria , Luisa Villa , Giulio Mauri , Renato Ercolani. Coro e Orchestra del Teatro alla Scala di Milano, Herbert von Karajan.

A mulher nascida Cecilia Sophia Anna Maria Kalogeropoulos deu corpo ao mito Maria Callas. A representação inimitável, a voz inconfundível fizeram dela a incarnação feminina da paixão.


sexta-feira, 5 de março de 2004

PHONOGRAPHIA


Charlotte Margiono, Rodney Gilfry. Monteverdi Choir; Orchestre Révolutionnaire et Romantique, Sir John Eliot Gardiner


Elisabeth Schwarzkopf, Dietrich Fischer-Dieskau. Philharmonia Chorus & Orchestra, Otto Klemperer.


Johannes Brahms, "Um Requiem Alemão". Acima de tudo uma celebração da vida.

quinta-feira, 4 de março de 2004

O MENINO

Conversa feita de sorrisos.

PHOTOGRAPHIA


Diane Arbus ''Albino sword swallower at a carnival, Md.''
1970.



Dorothea Lange ''Human Erosion in California/Migrant Mother''; Nipomo, California 1936.

quarta-feira, 3 de março de 2004

FOI SEMPRE ASSIM

Filho da puta deste sexto sentido que nunca erra quando acontece algo de mal aos que eu amo, foi sempre assim.

segunda-feira, 1 de março de 2004

ALTERNATIVAS

Filmes melhores que o vencedor? Não era preciso ir muito longe; "Cidade de Deus" daqui a cinquenta anos continuará a ser visto, "Senhor dos Anéis" daqui a dez anos será recordado como uma moda que, devido a necessidades comerciais, ganhou 11 Oscars.

A PIADA DO ANO

''O Senhor dos Anéis''; 11 estatuetas (!) incluindo o Oscar para o melhor filme.
Ah ah ah ah ah ah ah ah ah!

Clique em "Mensagens antigas" para ler mais artigos fantásticos do Arquivo.

Temas

(so)risos (4) 100nada (1) 25 de Abril (5) 4º aniversário (1) 90's (2) actualidade (1) Ambiente (2) Aniversários (13) Ano Novo (4) Arquitectura (1) Arte (2) Astronomia (6) avacalhando (1) Blogosfera (78) boicote AdC (1) borlas (2) burla (1) cantarolando (1) cidadania (4) Ciência (6) Cinema (7) Cinema de Animação (2) classe (1) coisas (1) coisas da vida (5) Como disse? (1) Computadores e Internet (28) Contra a censura (1) contrariado mas voltei (1) corrosões (1) cultura (1) curiosidades (1) dass (1) de férias; mas mesmo assim não se livram de mim (2) Década Nova (1) Democracia (5) depois fica tudo escandalizado com as notas dos exames de português (1) Desporto (3) Dia do Trabalhador (1) Direito ao trabalho (1) ditadores de Esquerda ou de Direita não deixam de ser ditadores (1) é que eu amanhã tenho de ir trabalhar (1) eco (1) Economia (5) efemérides (2) eles andam aí (1) Elis (2) Em bom português se entendem 8 nações (2) em homenagem ao 25 de Abril (1) Em Pequim o Espírito Olímpico morreu (1) escárnio e maldizer (1) Escultura (3) espanta tédio (1) estado do mundo (1) Fado (1) Fernando Pessoa (1) festividades (3) Festividades de Dezembro (2) Filosofia (3) Fotografia (24) fotojornalismo (1) fuck 24 (1) fundamentalismos (1) futebol (1) Futuro hoje (1) ganância (3) gastronomia (1) Geografia (1) Grande Música (38) grátis (1) História (4) inCitações (13) injustiça (1) Internet (4) internet móvel (1) Internet: sítios de excelência (1) intervenção pública (3) inutilidades (7) Jazz (2) jornalismo (1) ladrões (1) Liberdade (7) liberdade de expressão (2) língua portuguesa (4) Lisboa (2) listas (1) Literatura (9) Livro do Desassossego (1) Má-língua (1) mentiras da treta (1) miséria (1) MPB (5) Mundo Cão (5) música afro-urbana (1) Músicas (13) não te cales (2) Navegador Opera (2) ninguém me passa cartão... (1) Noite (1) o lado negro (1) o nosso futuro (1) oportunismo (1) os fins nunca justificam os meios (1) paranoia (1) parvoíces (1) pessoal (8) Pintura (129) podem citar-me (3) Poesia (30) política (10) política internacional (2) porque são mesmo o melhor do mundo (2) Portugal (3) Portugal de Abril (4) preciosa privacidade (6) preguiça (1) Programas de navegação (1) quase nove séculos de crise (3) quotidiano (2) resistir (2) resmunguices (7) respeite sempre os direitos de autor (1) Seleção AdC - Internet (1) Selecção AdC - Internet (2) serviço público AdC (1) Sexo (1) so(r)risos (5) Solidariedade (3) Taxa Socas dos Bosques (1) Teatro (1) Tecnologia (1) televisão (1) temos de nos revoltar (1) Terceiro Mundo (20) The Fab Four (1) trauteando (1) Um aperto no coração (1) umbigo (8) UNICEF (1) vai tudo abaixo (2) vaidades (7) vampiros (1) Verdadeiramente Grandes Portugueses (4) vidas (1) vou ali e já venho (1) YouTube (3)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...